sábado, 28 de agosto de 2010

O que é uma seita e como indentificar.

Heresia deriva da palavra grega háireses e significa: "escolha", "seleção", preferência". Daí surgiu a palavra seita, por efeito de semântica.
Do ponto de vista cristão, heresia é o ato de um indivíduo ou de um grupo afastar-se do ensino da Palavra de Deus e adotar e divulgar suas próprias idéias, ou idéias de outrem, em matéria de religião. Em resumo, é o abandono da verdade.
O termo háiresis aparece no original em Atos 5.17; 15; 24.5; 26.5; 28.22. Por su vez, "heresia" aparece em Atos 24.11; 1Coríntios 11.9 ; Gálatas 5.20 e 2 Pedro 2.1.
O estudo da heresiologia é importante, sobretudo pelo fato de os ensinos heréticos e o surgimento das seitas serem parte da escatologia, isto é, um dos sinais dos tempos sobre os quais falaram Jesus e seus apóstolos.
O apóstolo Paulo, por exemplo, nos dois primeiros versículos do capitulo quatro da sua primeira epístola a timóteo, escreve:
" Mas o Espírito afirma expressamente que nos últimos dias alguns apóstataram da fé, por obedecerem a espíritos enganadores e a ensinos de demônios, pela hipocrisia dos que falam mentiras, e que têm cauterizada a própria consciência ".
O apóstolo Pedro escreve também:
" Assim como no meio  do povo surgiram falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos mestres, os quais introduzirão dissimuladamente heresias destruidoras, até o ponto de negarem o Soberano Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. E muitos seguirão as suas práticas libertinas, movidos por avareza, farão comércio de vós, com palavras fictícias, para eles o juízo lavrado há pouco tempo não tarda, e sua destruição não dorme " ( 2 Pe 2.1-3).
Uma seita é indentificada, em geral, por aquilo que ela prega a respeito dos seguintes assuntos:

1. A Bíblia Sagrada
2. A Pessoa de Deus
3. A queda do homem eo pecado
4. A Pessoa e a obra de Cristo
5. A salvação
6. O porvir

Se o que uma seita ensina sobre estes assuntos não se coaduna com as Escrituras, podemos estar certos de que estamos diante de uma seita herética.
Entre as muitas razões para o surgimento de seitas falsas no mundo, hoje, destacam-se as seguintes:


1. A ação diabólica no mundo ( 2 Co 4.4 ).
2. A ação diabólica contra a igreja (Mt 13.19 ).
3. A ação diabólica contra a Palavra de Deus ( Mt 13.19 ).
4. O o descuido da Igreja em pregar o Evangelho completo ( Mt 13.25).
5. A falsa hermenêutica (2 Pe 3.16)
6. A falta de conhecimento da verdade bíblica ( 1 Tm 2.4).
7. A falta de maturidade espiritual ( Ef 4.14 ).

Todas as pessoas têm o direito de professar a religião de sua escolha. A tolerância religiosa é ostensiva a todos. Isso não significa, porém, que todas as religiões sejam boas. Nos dias de Jesus, existiam vários grupos religiosos: saduceus (At.5.17), fariseus ( At15.5) , essênios,, zelotes e herodianos. Os dois primeiros grupos tinham posições religiosas distintas ( At 23.8 ) . Mesmo assim,  Jesus não os poupou, chamando-os de hipócritas, filhos do inferno, serpentes, raça de víboras ( Mt 23.13-15,33). O Mestre deixou claro que não aceitava a idéia de que todos os caminhos levam a Deus. Ensinou  que há apenas dois caminhos: o estreito, que o conduz á vida eterna, e o largo e espaçoso, que leva a destruição ( Mt 7.13,14).
Os apóstolos tiveram a mesma preocupação: não permitir que heresias , falsos ensinos, adentrassem na igreja. O primeiro ataque doutrinário lançado contra a igreja foi o legalismo. Alguns judeus-cristãos estavam instigando os novos convertidos á prática das leis judaicas, principalmente a circuncisão. Em Antioquia, havia uma igreja constituída de pessoas bem preparadas no estudo das Escrituras (At 13.1) , que perceberam a gravidade da doutrina de alguns que haviam descido da Judéia e ensinavam: "Se não vos circundades segundo o costume de Moisés, não podereis ser salvos " ( At 15.1).  Tais ensinamentos eram uma ameaça á igreja. Foi necessário que um concílio apreciasse essa questão e se posicionasse.
Em Atos 15.1-35, temos a narrativa que demostra a importância de considerarmos os ensinos que contrariam a fé cristã.
Caro leitor os assuntos abordados acima são de extrema importância, pois estamos vivendo os últimos dias, falado por Jesus, nunca se viu tantas distorções da palavra, e tantos escândalos, e apostasia, comércio da fé.
Que estejamos atentos, pois a volta de Cristo está próxima.

fonte: Biblia de estudo apologética,seitas e heresias (Raimundo de Oliveira)ed.CPAD
http://profetizandovidanovaledeossossecos.blogspot.com